Por que esperamos um “novo normal” no mercado imobiliário?

É inegável que a situação de pandemia fez com que empresas e profissionais repensassem sua forma de trabalhar e viver. E isso também aconteceu no mercado imobiliário. O que diferencia é a forma como cada um reagiu ao acontecido. Algumas imobiliárias fecharam as portas, outras atenderam apenas internamente, umas ainda reduziram o expediente e outras implementaram novas práticas de atendimento e relacionamento com seus clientes.

Leia também:3 dicas para ter uma comunicação imobiliária mais eficiente

Essa última turma citada é que está conseguindo resistir melhor ao momento e obtendo bons resultados em negócios. E é aí que está a resposta para a questão que serve de título para este artigo: não há por que esperar as coisas “voltarem ao normal” ou ao “novo normal”, pelo simples fato de que o tempo não espera! E mesmo com a pandemia, a vida segue e os negócios também, logo, este tão esperado “novo normal” já está acontecendo agora, neste momento.

Baixe agora: E-book gratuito –  Como manter os clientes conectados e realizar vendas em tempos de crise 

Dentro disso, é importante notar que o consumidor avançou 10 anos em 60 dias. E os corretores precisam acompanhar essa evolução. Agora, os leads que chegam para os corretores são em menor quantidade, porém bem mais qualificados. Afinal, as pessoas não querem se arriscar em sair do isolamento para ver um imóvel apenas por curiosidade. Os fatores principais que fazem com que o corretor tenha sucesso neste momento crítico é:  estar preparado para atender de forma consultiva e relacional, saber usar de forma correta as tecnologias básicas de comunicação virtual, entender que as redes sociais são as “filiais” das imobiliárias abertas 24 horas e para isso, precisa ter disponibilidade para atender, prestar informações relevantes e aberto as parcerias, mais do que nunca. 

Leia também:Uma nova interpretação sobre o funil de vendas no mercado imobiliário

O que acontecerá amanhã ninguém sabe e nem nunca soube! Fato é que não será como antes, porém, a dica é conter a ansiedade do amanhã que ainda não chegou e trabalhar o que é real e fato hoje. O novo normal é agora. E esse “novo agora” requer profissionais que dominem as técnicas inerentes ao seu trabalho, conheçam as tecnologias de comunicação e relacionamento e com isso, sejam conectados no nível humano.

Como já disse Carl Young, “conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana”


Tatiana Gielow, jornalista e CEO da Basetag Marketing, especialista em marketing imobiliário


Quer encontrar uma rede de milhares de corretores e fechar parcerias com total segurança? Experimente o Homer. É 100% gratuito, não tem pegadinha nem mensalidade. Sabe o melhor? Fechando toda a parceria dentro do Homer, nós garantimos a comissão caso o seu parceiro não lhe pague. Baixe agora clicando aqui!

2 Replies to “Por que esperamos um “novo normal” no mercado imobiliário?”

    1. Que bom ! A Tati é uma das nossas convidadas preferidas. Passe por aqui pois sempre terá textos dela.

Comments are closed.