10 dicas para anunciar imóveis de temporada e faturar mais com aluguéis

Imóveis de temporada podem ser grandes aliados no faturamento do corretor. Veja como anunciar melhor e faturar mais.

Caro amigo corretor de imóveis, se você abriu este post é porque tem como objetivo buscar conhecimento para evoluir sempre como profissional, portanto, já temos algo em comum. Caso você ainda não me conheça, sou Bruno Lessa, um profissional atuante na área de marketing imobiliário há mais de 10 anos e é com grande prazer que fui convidado pelo Homer para escrever mensalmente neste espaço, compartilhando um pouco da minha experiência com você. Para iniciar minha jornada no blog, vamos falar um pouco sobre imóveis de temporada.

Leia também: Passo a passo: como começar uma estratégia de marketing imobiliário

Imóveis de temporada podem representar uma grande oportunidade para o corretor de imóveis por diversas razões. A principal delas é que a locação por temporada está cada vez mais popular no Brasil, pois muitas pessoas estão preferindo alugar este tipo de imóvel do que se hospedar em hotéis, por exemplo. Os motivos são vários: além de ter um local com cara de “casa”, onde se pode ter mais liberdade, também pode ser bem mais econômico.

A locação de temporada, que antes era escolhida apenas por lazer, especialmente nas férias e em feriados prolongados, hoje em dia também se popularizou em outras ocasiões, como viagens a trabalho, hospedagens para acompanhamento de tratamentos médicos ou simplesmente para sair da rotina e viver uma nova experiência.

E onde entra o corretor de imóveis nisso tudo?

Bom… se você pensou nisso, eu explico: existem diversas formas pelas quais um corretor de imóveis pode se beneficiar das locações por temporada. A mais comum delas é representando a locação deste tipo de bem. Nesta modalidade, você pode atuar conforme atua em uma locação convencional: representa o proprietário do imóvel, faz o atendimento dos interessados, cuida da formalização e ganha a sua comissão. Muitos corretores têm gostado tanto deste tipo de locação que passaram a se dedicar exclusivamente à temporada.

Outra modalidade que pode ser bem rentável é através da administração deste tipo de imóvel. Com o surgimento e popularização dos sites de locação por temporada (como é o caso do Airbnb), muitos podem achar que a função do corretor de imóveis perdeu o sentido, afinal os proprietários podem fazer esta locação de forma direta. Ledo engano! Mesmo com todas as facilidades destas plataformas, existe um nicho muito bom que pode ser explorado: o da administração destes imóveis. Existem processos que o corretor de imóveis domina (como por exemplo a divulgação e as vistorias) e que muitos proprietários não estão dispostos a fazer, deixando tudo a cargo do profissional. É melhor, mais seguro e dá menos trabalho.

Dicas para anunciar imóveis de temporada e faturar mais com aluguéis

1) Não espere a temporada para anunciar

Um dos maiores erros cometidos por quem aluga imóveis de temporada é pensar apenas nas férias ou feriados prolongados fazendo divulgações apenas nestas ocasiões. Como vimos anteriormente, os imóveis de temporada caíram no gosto dos brasileiros por diversos motivos e, desta forma, possuem uma procura frequente. Mesmo que a busca seja maior na alta temporada, isso não significa que ele não esteja sendo procurado na baixa temporada também. Portanto, esqueça a sazonalidade e mantenha anúncios frequentes das suas propriedades.

2) Não pense só no imóvel

Outro erro bem comum cometido por corretores e proprietários é pensar apenas no imóvel enfatizando somente as suas características físicas. É preciso ter em mente que quem procura um imóvel de temporada está na maioria das vezes procurando um destino e suas atrações. Portanto, o imóvel de temporada nada mais é do que uma forma dele conseguir atingir o seu objetivo maior que é curtir o local. Desta forma, procure enfatizar nas suas divulgações o quanto o seu imóvel pode auxiliar a pessoa a curtir o local onde ele se encontra, a proximidade com os pontos de interesse, facilidades, dentre outros. Inclua também imagens dos locais da região na divulgação além das imagens do imóvel.

E-book gratuito: Conquistando clientes no mercado imobiliário

3) Invista em boas fotos

Já dizia o velho ditado: uma imagem vale mais do que mil palavras. É sempre importante ressaltar que uma boa sessão de fotos pode ajudar – e muito! – na atração de novos clientes. Pesquisas feitas pelas plataformas de locação de imóveis por temporada mostram que boas imagens podem aumentar a locação dos imóveis em até 50%! Portanto, vale a pena investir em um bom equipamento ou, preferencialmente, na contratação de um fotógrafo profissional (acredite, o investimento feito na diária deste profissional vai retornar para você!).

4) Faça vídeos

Outra excelente forma de ampliar a divulgação dos seus imóveis de temporada é através dos vídeos. Este recurso pode te ajudar a explicar em detalhes determinadas particularidades do seu imóvel que nem sempre uma fotografia consegue captar (por exemplo, a sensação de abrir a janela e se deparar com o pôr do sol… ou uma curta caminhada saindo do imóvel até chegar a um determinado local). Depoimentos de pessoas que já se hospedaram também podem ser feitos em vídeo, gerando mais segurança para os próximos hóspedes. Considere criar um canal no YouTube exclusivo para o seu imóvel, compartilhando sempre que possível vídeos novos.

5) Plataformas de locação

Conforme já abordamos neste post, as plataformas de locação por temporada caíram no gosto popular e muitas pessoas buscam imóveis através delas. Airbnb e Booking são as mais comuns, mas existem sites nacionais como Alugue Temporada, Temporada Livre, dentre outros, que também podem fomentar bastante a sua exposição. Também há os sites regionais, muitas cidades têm sites específicos que são muito acessados. Além de todos estes, também existem os chamados “classificados de imóveis” como OLX, Zap Imóveis, dentre outros, que também possuem espaço para imóveis de temporada. Vale a pena pesquisar todas as opções e estar presente naquelas que faz sentido para o seu tipo de propriedade.

6) Google Adwords

Google é sempre Google! Praticamente toda vez que temos dúvidas ou a necessidade de pesquisar algo nós recorremos a ele. Com imóveis de temporada, não seria diferente! Criar uma campanha de links patrocinados com palavras-chave baseadas na sua busca podem te trazer em posição de destaque no buscador aumentando bastante a sua exposição. Use e abuse desta ferramenta!

7) Redes sociais

Outra importante ferramenta que pode ajudar na sua exposição, mas é preciso pensar além da divulgação! Claro que você pode (e deve) usar os recursos de anúncios de plataformas como Facebook e Instagram, mas aproveite-as para divulgar assuntos pertinentes ao seu imóvel ou região e manter um relacionamento com potenciais locatários (lembre-se da dica 2). Fornecer dicas de eventos é um exemplo de como as redes sociais podem ser usadas para gerar demanda e, consequentemente, mais locações.

8) Muita atenção à velocidade do atendimento

De uma forma geral, a velocidade é essencial em qualquer negociação imobiliária. Só que no caso dos imóveis de temporada isso se torna ainda mais importante. Fique atento a todas as perguntas que receber e procure responder no menor prazo possível. Além de ajudar o locatário a tomar a decisão mais rápido, isso vai gerar confiança. Estes fatores somados irão repercutir em mais locações para o seu imóvel.

9) Parcerias com os comércios locais

Nem só de mídias digitais vive a divulgação dos imóveis de temporada. Existem boas oportunidades no mundo “real” também, como é o caso das parcerias que podem ser feitas com estabelecimentos comerciais. Converse com comércios e estabelecimentos de serviços do entorno do seu imóvel para que você possa deixar material informativo dos seus imóveis neles. Proponha fazer o mesmo em suas propriedades, divulgando estes comércios para os hóspedes que você receber. Desta forma todos saem ganhando.

10) Parcerias com outros corretores de imóveis

Por último, porém não menos importante, você pode fazer parcerias com outros corretores. Todo negócio imobiliário é composto de duas pontas (comprador e vendedor… proprietário e locatário… etc). Desta forma, podem ter outros corretores buscando o imóvel que você tem para locar. Comunique-se com eles. 

Estas foram as dicas que preparei para você. Espero que possam te ajudar a ter um bom rendimento com as suas locações por temporada. Caso tenha alguma dúvida, escreva nos comentários e ajude mais pessoas a participarem desta discussão.

Caso você ainda não conheça o aplicativo Homer, aproveito para lhe convidar a baixá-lo no Google Play ou Apple Store. Trata-se de um aplicativo totalmente gratuito para o corretor de imóveis fazer parcerias com outros corretores ao redor do Brasil. Tenho certeza de que será muito útil em sua profissão.

Grande abraço e até o próximo post!

*Bruno Lessa é publicitário e pós-graduado em marketing pela USP. É autor dos livros Marketing Imobiliário, Marketing de Relacionamento no Setor Imobiliário e A Jornada de Compra do Imóvel. Atualmente é CEO da Marketing SIM, agência de soluções integradas de marketing e Diretor do Portal VGV, site especializado em marketing imobiliário.