fbpx

Organização de ambientes

Ao buscar por um imóvel na internet, a primeira coisa que fazemos é abrir as fotografias do anúncio. Através delas, buscamos uma conexão com o que é belo, agradável e atraente ao nosso olhar. Buscamos acima de tudo uma conexão entre as nossas necessidades e o imóvel que possivelmente iremos alugar/comprar.

Nós seres humanos somos extremamente visuais e sentimos grande satisfação com a beleza das coisas; Damos atenção para a simetria, formato, cor, e quase inconscientemente para a sensação que aquilo nos traz. Temos sensações diversas ao olhar uma fotografia, e isso pode levar poucos milésimos de segundo.

Leia também: Como passar segurança para seus clientes?

É sobre um determinado tipo de sensação que iremos nos deparar ao cuidar exatamente do tema que venho abordar hoje: a organização de ambientes. Tendemos a entender melhor o produto quando as fotos foram tiradas em boas condições de iluminação, o ambiente bem organizado e clean.

Quanto mais informações temos em uma imagem (no caso da fotografia de imóveis), mais complexo pode se tornar o entendimento do imóvel pelo receptor. Um imóvel que aparenta desorganização e excesso de informações nos traz a sensação de desleixo, de falta de cuidado com o imóvel e possivelmente um ambiente desagradável para morar, ao contrário do ambiente bem organizado e limpo. Para começar, o primeiro passo é observar o ambiente ao redor e identificar os pontos que podem favorecer ou prejudicar a sua fotografia.

E de que forma podemos coordenar essa organização?

Na visita em que você for apresentar sua proposta de trabalho, é interessante observar o imóvel como um todo e explicar ao proprietário em quais condições o mesmo precisa estar para que as fotos sejam realizadas. A organização precisa ser feita de forma adequada, para que o receptor consiga entender os ambientes da maneira mais clara possível.

E-book gratuito: Conquistando clientes no mercado imobiliário

Organizar o apartamento ou a casa em questão, é de fato uma tarefa importante a ser realizada pelo proprietário; seja para receber a visita de um possível comprador, seja para realizarmos as fotografias. Por esta razão aconselho uma conversa prévia com o seu cliente, informando inclusive se você preferir, que a fotografia profissional fará parte da sua proposta de trabalho e que é a principal ferramenta de divulgação que utilizará. Portanto, o local precisa estar limpo, livre de excesso de objetos pessoais. Peça para que antes do horário marcado com os profissionais ou clientes para visita, seja realizada uma força tarefa para a remoção destes itens, que vão desde o pano de chão na soleira da porta até aquela sacolinha de papelão em cima do armário.

Por onde começar?

Você pode começar o check-list da organização por ambiente ou por itens. Todos os objetos que estiverem excedentes em uma sala, por exemplo, podem ser depositados no quarto ao lado e depois retornam ao seu lugar. Uma dica é encontrar o ambiente que esteja mais organizado, fotografá-lo primeiro e transferir a bagunça para este cômodo, otimizando assim o seu tempo. Uma maneira simples é ter junto a você uma pequena cesta, ou caixa que pode ser usada para colocar os objetos que serão retirados do ambiente! 

Se optar em organizar por itens, observe todos os produtos de limpeza da casa e procure escondê-los em armários, sempre solicitando a ajuda de alguém da casa quando as fotos estiverem sendo acompanhadas. Depois, guardar todos os porta-retratos, sacolas, mochilas, itens de higiene de banheiros,  toalhas de banho, vassouras, baldes e demais objetos que sejam considerados bagunça.

Baixe agora: Corretor de imóveis: Como se tornar referência?

Indico realizar o check-list da organização por itens para imóveis pequenos, como studios ou apartamentos com um quarto, e por ambiente para imóveis maiores com mais de um quarto ou casas grandes com mais de um andar.

Veja a seguir dois exemplos: Um antes e depois da arrumação. Qual você acha que está melhor? Qual deles conseguimos entender melhor o espaço e direcionar a atenção para o que é agradável aos olhos?

Antes:

Depois:

Antes:

Depois:

Mas Diana! Afinal: Quais itens preciso ter atenção?

Salas: Organizar as almofadas dos sofás, observar os objetos em cima de racks e estantes – Quais objetos podemos esconder para deixar o móvel clean? O Controle remoto, blocos de anotação, chaves, canetas e outros itens podem ir para a cestinha e colocados novamente no lugar. Os porta-retratos, quando estiverem muito próximos da sua lente, eventualmente irão revelar os rostos dos moradores, por isso é recomendado baixar o objeto sob o móvel ou colocá-lo na cesta.

E-book gratuito: Marketing emocional

A mesa da sala de jantar pode conter um vaso com flores ou qualquer outro item decorativo ao centro. Alguns profissionais gostam de compor a mesa para um café ou conjunto de jantar, mas desde que estes objetos não tomem toda a atenção na fotografia. 

O ideal é manter a mesa com menos objetos possível!

Brinquedos dos pets ou das crianças, notebooks, iPads, smartphones e derivados podem ir para a cestinha também, e lembre-se! As cortinas sempre alinhadas!

Banheiros: Itens de higiene pessoal, cosméticos e tudo o que é muito colorido e em excesso (tanto em cima da pia ou dentro do box); toalhas de banho, mesmo que dobradas, e tapetes de banheiro costumam chamar a atenção. Atente-se até para o rolo de papel higiênico, posição ou estado da lixeira.

Quartos: Remover quantidade excessiva de travesseiros da cama, incluindo almofadas com frases e fotos ou bichos de pelúcia; sapatos, sacolas, mochilas e roupas espalhadas também atrapalham, então vale pedir para o responsável pelo imóvel esconder todos estes itens.

Atenção: Muitas vezes encontramos remédios nas cômodas e criados-mudos, e devem ser retirados também.

Cozinhas: Buchas de pia, detergentes, rodinhos, paninhos e louça suja podem ser escondidos dentro da pia se a cuba comportar, ou retirados por completo. Embalagens de cereais, pães e derivados costumam ser chamativos. Pensaremos neste cômodo da mesma forma na qual pensamos nos demais: MENOS É MAIS! Faça um teste: Fotografe a cozinha antes de organizar e depois, e compare a diferença!

Áreas externas: Contém objetos de pets, mangueiras, sacos de lixo, rodos e vassouras; Eventualmente itens que o proprietário armazena do lado de fora da casa e que você pode contornar fotografando de um ângulo diferente.

Áreas de Serviço: Roupas no varal sempre estarão por lá; verifique se você necessita muito da foto desta área para o seu anúncio, e caso realmente precise, tente fotografar de um ângulo mais baixo para que as roupas não apareçam, ou peça para que sejam retiradas se for possível.

O corretor preparará o proprietário para que esta tarefa seja realizada, mas o seu olhar criterioso sobre o produto que está trabalhando fará toda a diferença. Quando chegamos no local percebemos coisas que podem prejudicar a imagem a ser produzida e que o próprio dono não havia percebido – e é importante o nosso olhar atento!


Fundadora da Dicastanha Fotografia, com 28 anos Diana Hattum é fotógrafa e a 05 anos tem atuado no mercado de fotografia imobiliária. Ao longo deste período atendeu mais de 100 empresas e realizou fotografias para cerca de 15.000 imóveis em São Paulo e Rio de Janeiro, juntamente com uma equipe de atendimento, fotógrafos e tratadores de imagem. Atualmente realiza workshops pela Dicastanha Treinamentos com o intuito de agregar valor e conhecimento  à todos os profissionais do mercado imobiliário.


Quer encontrar uma rede de milhares de corretores e fechar parcerias com total segurança? Experimente o Homer. É 100% gratuito, não tem pegadinha nem mensalidade. Sabe o melhor? Fechando toda a parceria dentro do Homer, nós garantimos a comissão caso o seu parceiro não lhe pague. Baixe agora clicando aqui!

One Reply to “Organização de ambientes”

Comments are closed.