Piangers no Saber Imobiliário 2021: vale a pena ver de novo.

A palestra de Marcos Piangers no Saber Imobiliário 2021 foi surpreendente inesquecível a todos os profissionais que estiveram no último dia do maior evento online e gratuito para corretores de imóveis.

Quem não conhecia o Marcos Piangers, nunca mais o esquecerá.  

Ele fechou com chave de ouro a segunda edição do evento compartilhando conhecimento e instigando reflexões que valem muito a pena recapitular por aqui. 

É também a oportunidade de quem perdeu a palestra ter acesso a esse conteúdo tão enriquecedor. 

Para você ter uma ideia de quem é ele, Marcos já foi chamado de “guru” pelo portal UOL e “fenômeno da internet” pelo jornal O Globo. 

Já trabalhou na Rede Globo e coordenou equipes de inovação no sul do Brasil. Já palestrou para os maiores eventos e empresas do Brasil, e nos palcos de Portugal e Inglaterra, além de ser cinco vezes palestrante do TEDx, a maior conferência de ideias do mundo. 

Seus vídeos já alcançaram meio bilhão de visualizações na internet.

É autor do best-seller O Papai é Pop com mais de 300 mil cópias vendidas no Brasil, Portugal, Espanha, Inglaterra e Estados Unidos e chamado por revistas portuguesas de “o pai mais cool do Brasil”. 

Em 2021, seu livro O Papai é Pop vai para os cinemas, interpretado por Lázaro Ramos e Paolla Oliveira. 

Com esse “sucinto e pesado” currículo, Marcos trouxe aos palcos do Saber Imobiliário uma versão bem interessante da sua palestra “O Futuro do Trabalho e o Trabalho do futuro”, com a proposta de decifrar as mudanças e trazer as tendências percebidas sobre as transformações do trabalho. 

Na ocasião, Piangers compartilhou as descobertas de seu projeto Back To Humans, o laboratório de pesquisas que já entrevistou centenas de profissionais em seis países diferentes. 

E olha só que legal: esta foi a palestra mais bem avaliada no maior evento de Marketing e Vendas da América Latina e desenha um caminho mais humano, com importância para soft skills e inteligência emocional no ambiente corporativo.

De tudo o que Marcos nos trouxe nesse encontro, a relação da tecnologia com a mão de obra humana é o que vamos destacar por aqui. 

Escolhemos esse gancho da palestra para recapitular, pois, tem tudo a ver com o Homer, o trabalho que desenvolvemos, com o nosso propósito, filosofia e tudo mais. 

Marcos deixou bem claro e de forma altamente contextualizada dois pontos de suma importância sobre tecnologia: 

  1. A tecnologia é essencial a vida 
  2. A mão de obra humana também

Ou seja, uma não substitui a outra, nem nunca substituirá. 

Elas são complementares e quando compreendidas e usadas da maneira correta, potencializam as suas funcionalidades e competências. 

Tecnologia e mão de obra humana devem caminhar de mãos dadas, para o alcance da sua melhor performance. 

E segundo Marcos, isso vale tanto para a vida profissional, para a sua carreira, quanto para vida pessoal, em família e com os amigos. 

Ele conta que por lá, na casa dele, adultos e crianças têm hora pra sair do tablet, da internet, começar a interagir uns com os outros e o que os resultados são bem legais! 

Tem um dito popular que pode exemplificar bem isso: “ Tudo o que é demais é sobra!”. 

O excesso de uma coisa ou de outra pode atrapalhar a sua performance. 

Assim como há tarefas que são humanamente impossíveis fazer na mão, ficam improdutivas e ineficientes, tornar todos os processos tecnológicos, robóticos etc., também podem fazer do seu negócio improdutivo e ineficiente. 

Equilíbrio. Essa é a palavra de ordem! 

Agora, trazendo tudo isso ainda mais pro nosso universo, o mercado imobiliário, é exatamente isso que o Homer faz pelo corretor de imóveis. 

“Emprestando” a sua expertise em tecnologia para fazer da sua mão de obra humana ainda mais eficiente, para desenvolver o seu trabalho cada vez melhor. 

Nenhum aplicativo ou qualquer ferramenta de tecnologia irá substituir o trabalho do corretor de imóveis que, mais do que transações imobiliárias, realiza sonhos. 

Sim. Não podemos esquecer que, em um país com um déficit habitacional como o Brasil, onde comprar um imóvel está no topo do ranking de desejos da maioria das famílias brasileiras, investir em um imóvel é a realização de um sonho.  

Um processo que tende a ser longo, moroso, conflitando diretamente com o imediatismo e a ansiedade dos clientes, características encontradas em, praticamente, 99% deles.  

A tecnologia imobiliária na Pandemia 

Em meio a tantos conflitos, restrições, a necessidade de mudança de comportamento, no modo de ver e viver do ser humano foram obrigatórias. 

Foi aí que o que a tecnologia “apertou o passo” e o que seria gradativo, veio como uma explosão. 

E, se por um lado, para muitos isso foi a melhor solução, para outros trouxe medo, insegurança e exigiu um pouco mais de tempo para absorver essa avalanche.  

O mercado imobiliário foi um dos segmentos que fizeram do limão uma limonada e decolou em meio ao caos, pois, dos impactos na economia aqui no Brasil, a queda da Taxa Selic levou junto os juros dos financiamentos imobiliários bancários e fez dos últimos meses os melhores para a compra de imóveis financiados.

Em paralelo, o novo olhar para o viver e as mudanças de comportamento, o Home Office, as limitações de ir e vir, o isolamento social e tudo mais, alavancou a procura por imóveis dos mais diferentes tipos. 

Teve gente entendendo que precisava de menos pra viver e quem adiantasse os planos de morar na praia ou nas montanhas, aqueles reservados para aposentadoria, sabe?

E mais uma vez, a tecnologia entrou em ação para atender essa demanda. 

Leia também: A 2ª onda do vírus e o mercado imobiliário

Com todo mundo dentro de casa, fazendo absolutamente tudo pela internet, do celular, foi preciso se reinventar. 

Muito corretor de imóveis entendeu isso e encontrou no Homer a ferramenta tecnológica ideal para ele vender mais e em menos tempo. 

Foi justamente no primeiro trimestre da pandemia que o Homer teve um crescimento de 25% no número de corretores cadastrados e 49% deles fizeram negócios em parceria pelo aplicativo, com a nossa ajuda. 

Números que reforçam as reflexões e dados trazidos por Marcos Piangers no Saber Imobiliário.

A união da tecnologia com a mão de obra qualificada, mutuamente potencializando um serviço que “até ontem” era feito de outra forma, mas que precisou se reinventar, assim como tantos profissionais e áreas de atuação. 

Definitivamente, a tecnologia não vai acabar com a mão de obra humana. 

Há coisas que só uma máquina pode fazer, assim como há outras que só o ser humano é capaz. 

O que vai transformar, de fato, o modo de prestar serviços, vender produtos etc., é o equilíbrio na junção deles. Esse é o trabalho do futuro! 

E, por falar nisso, Marcos listou 7 habilidades para você desenvolver e se manter preparado para esse futuro que já, já bate à sua porta, viu?    

Tome nota! 

1 – Surpresa. Uma máquina nunca fará uma surpresa ao seu cliente: uma carta escrita à mão, o envio de um presente e tantas outras ações de encantamento, simples e que encantam. Faça mais que o esperado! 

2 – Originalidade. Pense fora da caixa. Não siga o fluxo. Crie o seu nicho de atuação. Crie autoridade. Crie o seu Site Pessoal destacando os imóveis do seu nicho de atuação. Diferente de tudo. Seja único.

3 – Negociação. Aperfeiçoe seus conhecimentos nisso. Exercite, treine o Rapport até que isso se torne uma habilidade natural. 

4 – Antifragilidade. Desenvolva a habilidade de ressignificar períodos de crise. Aprenda a lidar com elas e se torne mais forte ao término de todas. Aprenda com os “nãos” que a vida te traz.  

5 – Motivação. Máquina não tem isso e nunca terá. Não tem brilho no olhar, não tem propósito, não tem filhos, planos, sonhos que te desafiam

6 – Utilidade. Qual a sua utilidade? O que você faz que só você faz graças a sua experiência, bagagem. Seja consultivo. Vá além do conhecimento técnico

7 – Humor. Seja bem-humorado. Os impactos positivos do bom humor para a vida já é cientificamente comprovado. Positividade, criatividade, saúde mental… Não abra mão dele!  

Coincidentemente são habilidades que SÓ O SER HUMANO TEM OU PODE DESENVOLVER! ;)  

O discurso do Marcos Piangers no Saber Imobiliário só reforça a nossa proposta de trabalho e isso nos orgulha ainda mais.

Somos uma empresa de tecnologia imobiliária com foco absoluto em criar soluções para que o corretor de imóveis desenvolva cada vez melhor o seu trabalho. 

O corretor de imóveis é a nossa persona, para quem pensamos e desenvolvemos diariamente. 

A nossa tecnologia, quando unida às habilidades do corretor de imóveis, se potencializam mutuamente. 

O Homer é o complemento do corretor de imóveis e vice-versa. Juntos, somos o equilíbrio necessário para desenvolver um trabalho de excelência no mercado imobiliário, cada vez mais competitivo, acirrado. 

Cadastre-se no Homer: a ferramenta que soma a carreira do corretor de imóveis 

Esperamos que tudo isso tenha feito sentido pra você, tanto quanto fez pro Homer!

E, se fez sentido pra você e você ainda é Homer, venha potencializar as suas habilidades humanas com a nossa tecnologia, gratuitamente. 

Para rever a palestra de Piangers no Saber Imobiliário 2021: Clique aqui 

Homer é a maior e melhor rede de parcerias imobiliárias do Brasil. Exclusiva e gratuita para corretores de imóveis, a plataforma já conta com mais de 60 mil profissionais cadastrados. O ambiente perfeito para os corretores encontrarem clientes para seus imóveis ou imóveis para seus clientes. E, além de parcerias, também fornecemos capacitação e soluções de crédito para os corretores. Baixe agora nosso app e seja um corretor mais completo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *