fbpx

“Com o mercado aquecido, não preciso de corretores” – Será mesmo?

vinicius-capella-trevisan-homer-parcerias-remax

Até que ponto o seu cliente precisa de você?

Você já parou para pensar nisso? Se você trabalha no mercado imobiliário, é provável que você tenha sentido um aumento na procura de compradores nos últimos meses. Nós sentimos. E, com isso, ouvimos algumas pessoas falando que, com o mercado em ascensão, elas não precisam de corretores para vender o imóvel. Mas, será mesmo?

Nós, corretores de imóvel, somos agentes essenciais para qualquer transação imobiliária, independente do momento de mercado. Temos que, em primeiro lugar, entender a nossa importância nessa transação, assimilar o quanto nossa consultoria é importante para o cliente e, depois disso, estar sempre atendo às demandas do mercado, às novas tendências e nos atualizar, para oferecer ao nosso cliente sempre o melhor serviço imobiliário para aquele momento.

Bons corretores sempre terão espaço no mercado – Será que você é um bom corretor?

Se você perguntar para uma pessoa qualquer o que ela acha que um corretor de imóveis faz, a resposta será mais ou menos assim: “anuncia os imóveis, espera os chamados dos clientes, mostra o imóvel, leva a proposta e recebe a comissão.” Parece fácil, não é? Mas sabemos que não é bem assim.  Sabemos que nosso trabalho envolve muitos outros aspectos.

Então, vamos ver cada um desses pontos e entender como nós sempre seremos peças essenciais para nossos clientes.

Nosso verdadeiro Papel

O papel de um verdadeiro profissional imobiliário é auxiliar as pessoas à tomar as melhores decisões na compra, venda ou locação de um imóvel. Somos, também, consultores, não apenas um profissional que junta duas pontas.  A decisão de compra ou venda de um imóvel não é uma decisão apenas, mas sim várias decisões em uma só. Nosso objetivo deve ser realmente fazer com que os nossos clientes façam um bom negócio e não apenas garantir uma comissão.

Nossos clientes são pessoas, não devemos os enxergar como “carteiras”. Se os enxergarmos como pessoas, se entendermos de fato suas dores e necessidades, eles precisarão de nós em todos os momentos, e, mais ainda, eles irão querer que você participe com eles nessa compra ou venda. Mas, por outro lado, se você é um profissional que apenas “junta as partes”, com certeza você perderá espaço em um mercado mais aquecido, assim como perdeu espaço quando o mercado baixou.

E-book gratuito: Conquistando clientes no mercado imobiliário

Se seu foco principal é a captação, para auxiliar um cliente a vender você precisa:

E muitas outras ações!

Além de tudo isso listado, existem diversas atividades para realizar a venda de um imóvel. Da mesma forma para auxiliar um comprador a tomar a melhor decisão de compra.

Mas, independente da quantidade de trabalho necessário, os seus clientes precisarão de você e irão querer que você os auxilie nessa transação se você de fato mostrar um valor a mais para eles. Você não vende imóveis, você vende serviços de excelência.  A sua atitude e o seu conhecimento são o que farão com que seus clientes queiram o seu suporte.  Nós não devemos apenas unir compradores e vendedores, mas sim os prestar uma consultoria de como realizar a melhor transação imobiliária, além de dar a eles toda a segurança que um profissional verdadeiro pode dar.

Esteja atento!

Saiba mais: 6 erros na corretagem que você provavelmente está cometendo

O que seu cliente precisa de você hoje? O que o mercado precisa de você hoje? Como você pode fazer a diferença hoje? Que aprimoramento você precisa para melhorar? Nosso mercado é muito vivo, por isso precisamos estar sempre ligados às novas tendências para nos mantermos sempre atualizados. Se o mercado aqueceu, provavelmente seu cliente não precisará tanto de você para encontrar um comprador, mas será que ele sabe exatamente como precificar o imóvel dele para encontrar esse comprador? Ou então, será que ele sabe se a documentação dele está em dia para fechar a venda? Fique atento para entender como você pode ajudar o seu cliente, não apenas em como você pode fechar o negócio.

Seu interesse deve ser em ajudar as pessoas. Bons profissionais sempre terão espaço no mercado. E um bom serviço nunca será substituído.

Por isso, pergunte-se:

• Se eu fosse meu cliente, iria me procurar para vender um
imóvel?
• Com a demanda de compradores aumentando, como posso
auxiliar meus clientes?
• O que ofereço de diferente?
• Sou focado mais nas pessoas ou no resultado financeiro?
• Como é meu relacionamento com meus clientes?
• O trabalho que eu faço é realmente benéfico para meus
clientes?
• Faço realmente a diferença aos meus clientes?

Pense nisso. Pense em como você pode ajudar os seus clientes. Independente do momento de mercado, nós devemos entender como podemos ajudar nossos clientes no momento atual, sempre nos atualizando para prestar o melhor serviço, com o interesse genuíno nas pessoas.

O mercado aquecendo é um sinal positivo para qualquer profissional imobiliário, precisamos apenas nos adaptar e nos aprimorar pra o cenário atual, mostrando que somos profissionais de ponta, prontos para atender nossos clientes com o máximo respeito, profissionalismo, atenção, cuidado e carinho. Afinal, nosso objetivo é prestar a melhor consultoria para nossos clientes, nos tornando cada vez mais uma referência em nosso mercado.

Você está pronto para esse novo mercado?


Quer encontrar uma rede de milhares de corretores e fechar parcerias com total segurança? Experimente o Homer. É 100% gratuito, não tem pegadinha nem mensalidade. Sabe o melhor? Fechando toda a parceria dentro do Homer, nós garantimos a comissão caso o seu parceiro não lhe pague. Baixe agora clicando aqui!

Vinicius Capella é empreendedor com interesse pelas transformações do mercado imobiliário e desenvolvimento dos profissionais da área. Palestrante atuante nos eventos da RE/MAX Brasil. Broker e sócio na RE/MAX, Capella é nosso colunista convidado às terças feiras no Blog Homer.

Quer ler mais textos do Vinicius Capella? Você pode encontrá-lo através das redes sociais pelo Instagram, Linkedin ou Facebook.

2 Replies to ““Com o mercado aquecido, não preciso de corretores” – Será mesmo?”

Comments are closed.